Aquarium Brasil
Atenção

Se você não está cadastrado clique em Registrar-se se já tiver cadastro Conecte-se!

Atenciosamente:

 
Redes Sociais




Total de visitas
estatisticas gratis
Últimos assuntos
» Vitaminas x Doenças
Qui Dez 07, 2017 9:05 pm por Diogo Monteiro

» turbinando minha ração
Qui Dez 07, 2017 6:46 pm por Diogo Monteiro

» Doença! peixe pega vermes? Sim, aprenda vermifugar
Qui Dez 07, 2017 5:39 pm por Diogo Monteiro

» O uso de ozônio no aquário, twinstar e outros.
Qua Dez 06, 2017 10:00 pm por Diogo Monteiro

» Porque meus bettas não crescem rápido?
Sex Dez 01, 2017 5:16 pm por AquariumBrasil

» Algas petecas, barba negra.
Qui Nov 30, 2017 11:19 am por Diogo Monteiro

» intoxicação devido a amônia.
Qui Nov 30, 2017 9:59 am por Diogo Monteiro

» Plantas low tech
Qua Nov 29, 2017 12:47 am por Diogo Monteiro

» pinhas, folhas de amendoeira
Qua Nov 29, 2017 12:43 am por Diogo Monteiro


Ciclagem Sem Peixes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Artigo Ciclagem Sem Peixes

Mensagem por AquariumBrasil em Dom Jan 27, 2013 1:10 pm

Ciclagem sem peixes

Em um sistema fechado, como é um aquário doméstico, é indispensável a existência de, mecanismos que garaantam a sustentabilidade desse sistema de maneira segura, preservando a saúde e o bem-estar da fauna e flora contidos em seu interior.
Portanto, uma fase fundamental na montagem de um aquário é o período em que há a proliferação e maturação de determinadas bactérias, com a capacidade de metabolizar tanto a amônia quanto o nitrito (processo conhecido como a nitrificação) convertendo-os em compostos menos tóxicos, sendo que o período em que essas colônias de bactérias se desenvolvem e multiplicam até o ponto de poder garantir que as concentrações de amônia e nitrito não atinjam níveis tóxicos é conhecido como Ciclagem.
A maneira mais difundida de se adicionar amônia de forma controlada durante o período de ciclagem, é a introdução de “peixes cicladores”, tolerantes à concentrações mais elevadas de amônia, que os permite sobreviver às flutuações e picos de NH3 comuns durante esta fase e possam continuar produzindo a amônia, e indiretamente, o NO2 necessários para o desenvolvimento de colonias de bactérias nitrificantes.
A proposta deste tópico é de apresentar uma maneira alternativa para garantir que haja uma ciclagem efetiva sem a utilização de “Peixes cicladores”.
Para este fim, ao invés de contar com a produção de amônia a partir da alimentação e dejetos da fauna, é possível adicionar diretamente NH3 para se alcançar concentrações adequadas para o desenvolvimento das colônias de bactérias nitrificantes. É a chamada “Ciclagem sem peixes”.

MATERIAL NECESSÁRIO
Aquario cheio com água sem cloro, com volume conhecido
Amoníaco (encontrado em farmácias, puro, sem corantes ou aditivos) – ATENÇÃO! não inale
Conta-gotas
Testes de amônia e nitrito
Filtro instalado e pronto para funcionar.

COMO INICIAR
Deve se adicionar uma quantidade suficiente para que a concentração de amônia atinja um pico (níveis de 2 a 5 ppm). Como existe muita variação nas diferentes marcas e apresentações de amoníaco disponíveis, em geral é impossível uma regra que funcione para todas as ocasiões. Por isso, muitas vezes é necessária encontrar essa quantidade através da adição parcimoniosa e de testes seriados, e registrando essa quantidade encontrada, pois será utilizada em todo o período (por exemplo, em meu caso, para um aquario de 72 litros, precisei adicionar o total de 45 gotas para atingir essa concentração-alvo).
Não fazer TP durante o período inicial de ciclagem.
Manter a temperatura alta (30) e aeração adequada.

Monitore diariamente o nível da amônia. No momento em que a amônia começar a cair, adicione novamente a metade da dose inicial (no meu exemplo, usei 22 gotas), e monitore diariamente os níveis de amônia e nitrito.
Sustentar as concentrações de amònia nessa fase é indispensãvel, mas a concentração pode se manter menor, em torno de 2-3 ppm de NH3, por isso a adição regular de metade da dose inicial (faça o teste antes de adicionar o amoníaco).
A concentração de nitrito (NO2) vai apresentar então um pico crescente, ate o momento que hajam colônias suficientes para transformar todo o NO2 produzido em NO3.
O processo será concluído quando a concentração de nitrito for zerada.
Nesse momento, faça uma TP volumosa para reduzir o Nitrato e adicione a dose inicial de Amonia – se em 24 h não houver nem Nitrito e nem Amonia, o aqua estará ciclado.
Mantenha uma dose diaria de manutenção de amonia para sustentar as colonias até a colocação dos peixes
avatar
AquariumBrasil
Administrador
Administrador

Masculino
Data de inscrição : 25/01/2013
Mensagens : 97
Pontos : 200

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum